Categorias



Vacinação contra o sarampo começa segunda-feira

04/10/2019 - Publicado por: Jorge Pedroso - Categoria: Saúde - Tags: vacinacao contra sarampo campanha nacional primeira etapa

Nessa primeira fase a vacina é somente a crianças de seis meses a cinco anos incompletos

Crianças com idade entre seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias é o público-alvo da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo, promovida pelo Ministério da Saúde, juntamente com estados e municípios, a partir de segunda-feira (7). Em Jaraguá do Sul, a Secretaria de Saúde disponibilizará as doses em todas as Unidades Básicas de Saúde com Sala de Vacinas durante o expediente de cada uma. Além disso, nas duas primeiras semanas da primeira fase da campanha, a Unidade Central de Imunização (na Rua Reinoldo Rau) adotará horário estendido até as 19 horas para facilitar o acesso à vacina.

Já para os moradores do Santo Estêvão e do Rio Cerro II, a vacinação será concentrada na UBS da Barra. Também haverá uma equipe da Secretaria de Saúde realizando vacinação contra o sarampo e febre amarela durante o evento Viva Mais Jaraguá, agendado para o próximo dia 12, na Arena. É obrigatória a apresentação da carteira de vacina – seja nas unidades de saúde ou na Arena – para sua verificação e atualização.

Conforme definição do Ministério da Saúde, a campanha será realizada em duas etapas, sendo que essa primeira ocorrerá durante o mês de outubro, tendo o terceiro sábado (19) como dia D e encerramento no próximo dia 25. Já a segunda fase ocorrerá no período de 18 a 30 de novembro (que também será o dia D) e terá como público-alvo pessoas na faixa etária de 20 a 29 anos de idade.

ESTRATÉGIA – “Esses públicos foram priorizados para a participação nessa estratégia, considerando que estão entre os mais acometidos e com maior incidência da doença nos surtos registrados em 2019”, explica a supervisora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, enfermeira Ana Kneipp. Ela acrescenta, que, entre os dois, a prioridade está voltada especialmente às crianças menores de cinco anos de idade, pois estão na faixa etária com maior número de internações e também apresentam mais risco de desenvolver complicações pelo sarampo, tais como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos.

SURTO – Conforme argumento do Ministério da Saúde, a vacinação de forma seletiva é uma estratégia diferenciada para interromper a circulação do vírus do sarampo no País, onde foram confirmados 10.330 casos em 2018. Desse total, a maior concentração ocorreu entre junho e agosto, com destaque pra julho, com 3.950 casos, o que equivale a 38,2%. Já este ano, no período de janeiro a setembro, houve a confirmação de 3.729 casos, apresentando o mesmo comportamento epidemiológico com menor número de registros de casos confirmados do que no ano passado.

SARAMPO – O sarampo é uma doença respiratória, exantemática aguda e extremamente contagiosa, que pode evoluir com gravidade e provocar complicações como pneumonia e encefalite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar ou falar. A distribuição é universal e acomete indivíduos de todas as idades. A transmissão acontece seis dias antes e quatro dias após o aparecimento de manchas vermelhas pelo corpo (exantema), sendo o período de maior risco dois dias antes e dois dias após o início do exantema.


 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000