Categorias



Tiro certeiro é quesito essencial para o reinado

28/08/2019 - Publicado por: Pedro Bortoloti Jr - Categoria: Cultura - Tags: tiro certeiro schtzenfest reinado rei rainha majestades festa

Como, afinal, são escolhidos Rei e Rainha dos atiradores e as majestades do tiro

A tradição do reinado do tiro tem se mantido, mas o caminho para a escolha do Rei e da Rainha dos atiradores e das majestades é longo e trilhado durante o ano todo, em sete etapas disputadas nas sociedades. São três na modalidade chumbinho, três na seta e uma na carabina 22.

O entendimento sobre a escolha para as três situações é complexo para quem não participa de nenhuma das 17 sociedades de tiro filiadas à Associação dos Clubes e Sociedades de Tiro do Vale do Itapocu (ACSTVI), mas os praticantes têm a questão bem clara. Quem ajuda a esclarecer é a secretária da Associação, Salete Tecilla Meier (à direita). Antes disso, vale saber que durante a primeira Schützenfest, em 1989, somente os homens participavam do campeonato de tiro promovido pela ACSTVI.

Em seguida as mulheres foram inseridas na disputa oficial, sendo eleitos rei, primeiro e segundo cavalheiros; rainha, primeira e segunda princesas. Já a escolha do Rei e da Rainha dos Atiradores iniciou em 2004. A decisão ocorre por meio da soma dos pontos das seis etapas de chumbinho e seta. Em 2019, pela primeira vez, há um casal de reis: Ináurea Reinke Schmidt (39) e o marido, Claudio Ivair Schmidt (41).

A Rainha Ináurea também explica o caminho para o título de Rainha dos Atiradores. “Ao contrário do que muita gente pensa, que é necessário apenas um tiro central, não é bem assim. Temos, durante o ano, seis etapas de tiro, divididas entre três de chumbo e três de seta (além de uma etapa na carabina 22). Em cada uma são 10 os tiros válidos, totalizando anualmente 60 tiros que precisam ser bons. Quem obtiver a maior soma destes 60 pontos é que se consagra Rei e Rainha dos Atiradores”, ensina.

(Confira entrevista completa abaixo). 

Rei e Rainha dos atiradores são eleitos durante a Schützenfest, geralmente no último fim de semana da festa. O reinado de Ináurea e Cláudio, que iniciou em 2018, segue até a 31ª edição da Schützenfest, programada para 7 a 17 de novembro, no Parque de Eventos. Ináurea, que já havia sido Rainha para o período 2017/2018, repetiu o feito, desta vez com 633,7 pontos. O marido Cláudio pontuou 638,7.

As majestades do tiro – Rei e seus Cavalheiros; Rainha e suas Princesas, ambos nas categorias Juvenil e Adulto, são premiados pelo melhor tiro, com pontuação 10,9 e a menor fração possível. Quanto menor a fração, mais centralizado é o tiro, quesito essencial para um tiro considerado perfeito. A competição para carabina Ar Seta e Chumbinho envolve a categoria juvenil mista e adulta masculina e feminina. Os atiradores eleitos Majestades do Tiro não podem faltar em nenhuma das seis etapas, tendo justificativa somente os casos de atestado médico.

As etapas de tiro nas sociedades que ocorrem antes da Schützenfest têm uma série de normas e regras. As provas só podem ocorrer com inscrição mínima de sete atiradores masculinos e cinco femininos no naipe adulto e, pelo menos, com três juvenis no naipe misto. O regulamento prevê pagamento de multa em caso de quebra desta regra. Em cada etapa, a melhor equipe adulta masculina e feminina, além da juvenil mista, na soma dos 10 tiros, é premiada com medalha. Os sete melhores atiradores adultos e os quatro juvenis contam com premiação em dinheiro, oriundo de parte das inscrições da equipes.

A sétima e última etapa de 2019 está agenda para 28 de setembro, na Sociedade Hansa Humboldt, em Corupá e envolve somente a modalidade de carabina 22. Nesta modalidade só atiram maiores com Certificado de Registro (CR). Os melhores tiros valerão para a escolha do Rei e seus Cavalheiros. Rainha e sua Princesas, com premiação de faixa e medalha. Os pontos obtidos nesta competição não somam para a escolha do Rei e da Rainha dos Atiradores e também não contam para a pontuação das Sociedades. A carabina 22 só pode ser praticada em uma sociedade com estande de tiro para esta modalidade e com CR, vistoriadas pelo Exército. Para 2020, segundo Salete, a intenção da ACSTVI é que sejam duas as etapa do tiro carabina e que a modalidade passe a contar para a escolha do Rei e da Rainhas dos Atiradores, além de pontuar para as sociedades. A pontuação das sociedades ocorre conforme a soma de todos os atiradores, com premiação em troféus para as equipes. Os melhores atiradores de cada Sociedade recebem medalhas.

PMJS - Você já foi Rainha entre os atiradores? E o Cláudio, é a primeira vez Rei?
Ináurea - Eu já fui Rainha dos Atiradores em 2013, 2017 e 2018. O Cláudio foi Rei em 2005, 2008, 2012 e 2018.

PMJS - O que representa o título para o casal?
Ináurea - A recompensa de muitos anos de trabalho e dedicação a este esporte e também a realização de um grande sonho para nós que representamos a Sociedade Atiradores Independência. O Cláudio treina há 28 anos; eu há 23. Não é fácil, pois trabalhamos o dia inteiro. À noite, tem os afazeres da casa, os filhos para cuidar, acompanhar o filho mais velho na tarefa escolar, enquanto Cláudio terminava a faculdade. Os treinos que não são apenas para as competições de tiro da Schützenfest, mas também para os campeonatos estaduais e Jogos Abertos de Santa Catarina, normalmente ocorrem uma vez por semana, no período noturno, onde levamos os filhos, alguns brinquedos e o material escolar.

PMJS - Qual a importância de manter a tradição?
Ináurea - Passar aos nossos filhos, netos e a quem for possível, que a cultura alemã tem inúmeras riquezas, não apenas no tiro, mas também na gastronomia e nos costumes.

PMJS - Pretende repassar a tradição do tiro para os filhos ou parentes menores?
Ináurea - Nosso filho Lucas, de sete anos, atira desde os cinco; a Laís, de 2 anos, assim que for um pouquinho maior, será incentivada também.

PMJS - Quem incentivou vocês para a prática do tiro esportivo?
Ináurea - O Cláudio foi incentivado pelo pai desde cedo e eu fui incentivada pelo Cláudio, quando começamos a namorar.

PMJS - Recomenda a experiência do tiro e de ser Rainha para outra pessoas?
Ináurea - Recomendo a quem ainda não teve o prazer de atirar, que se filie a uma sociedade e faça parte da equipe do tiro, pois além de ser um esporte que trabalha a concentração e o autocontrole, é também um lugar para fazer belas amizades. Em relação a ser rainha, recomendo a quem tem este sonho que não deixe de trabalhar por ele. Adianto que não é fácil, mas a alegria e a realização são indescritíveis.

PMJS - Quais as funções de uma Rainha e Rei dos Atiradores?
Ináurea - A partir do momento em que você se torna Rainha ou Rei dos Atiradores, não representamos mais apenas nosso clube, mas todos os atiradores que fazem parte da ACSTIV. Desta maneira, estamos à disposição para representar a Schützenfest e a ACSTVI em vários eventos no decorrer do ano.








 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000