Categorias



Semsa enfatiza Dia Mundial de Luta Contra a Aids

28/11/2012 - Publicado por: Webmaster - Categoria: Saúde - Tags:

Por meio do slogan ““Camisinha. Quando um se previne, todos se protegem.” terá início a campanha do “Dia Mundial de Luta contra a Aids” que tem início neste sábado, 1º de dezembro. A Prefeitura de Jaraguá do Sul, através da Secretaria Municipal da Saúde (Semsa) reforçará o tema da campanha junto à comunidade através  de  informações para a mídia, além de orientações quanto a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (DST) através da distribuição de folders. Este trabalho irá ocorrer em unidades como os postos de saúde dos bairros da Ilha da Figueira e João Pessoa.

“Na verdade, esta data só reforça algo que foi abordado durante todo o ano de 2012 pelos profissionais da Secretaria Municipal da Saúde por meio de palestras e outras ações de prevenção”, lembrou um dos responsáveis pela iniciativa, supervisor Programa Municipal das DST, Aids e Hepatites Virais, Dalton Fernando Fischer.

Além do incentivo ao uso dos preservativos em todas as relações sexuais, a campanha incentiva o diagnóstico precoce do HIV, o sigilo e confidencialidade do teste, sem esquecer o respeito aos direitos humanos. Ela está aliada à estratégia de mobilização nacional de testagem “Fique Sabendo”. O público a ser alcançado em mídias de massa é a população geral das classes sociais C e D, além de públicos segmentados como profissionais e gestores de saúde, homens que fazem sexo com outros homens (HSH), travestis, mulheres profissionais do sexo.

Dados do Ministério da Saúde apontam que a escolha dessas populações também leva em conta critérios epidemiológicos e comportamentais. A estatística apontam que os jovens em geral se expõem mais que os não-jovens e têm mais parceiros casuais; Outra constatação do estudo é que 40% dos jovens não usam preservativo em todas as relações sexuais, apesar do alto conhecimento de que o preservativo é a melhor forma de evitar a infecção pelo  vírus da Aids (HIV).

Em 2012, de janeiro a outubro, já foram diagnosticados 61 casos novos de HIV em Jaraguá do Sul e região. Oficialmente, vivem aqui cerca de 826 pessoas com o vírus, sendo que destas, 556 já possuem a AIDS; não oferecendo risco para uma convivência familiar e social saudável. 

Das pessoas que contraíram o HIV em Jaraguá do Sul e região, 77,4% são heterossexuais. “Por isso, é muito importante que antes do início da vida sexual de um casal, ambos procurem uma Unidade de Saúde e se informem sobre o teste de HIV. O teste é gratuito, e o sigilo é garantido”, destacou Fischer.

Ele reforça que não se contrai o HIV através de um aperto de mão, do beijo, abraço, compartilhar copos, talheres, toalhas e roupas, sentar no mesmo banco, através de tosse ou espirro, nem mesmo ao doar sangue.O contágio só ocorre através das relações sexuais, da mãe infectada para seu filho (durante a gravidez, na hora do parto ou através do aleitamento materno), seringas contaminadas e transfusão de sangue. 

“Ou seja, na convivência do dia a dia, não tem como alguém contrair o HIV. Exatamente por isso que não precisamos ter medo nem preconceito de conviver com uma pessoa que é soropositiva, seja na família, no ambiente de trabalho ou na sociedade. Não se perde um amor para a Aids, mas se perde para o preconceito”,  observa Dalton Fischer..

"A forma mais eficaz de prevenção ainda continua sendo o uso dos preservativos em todas as relações sexuais. Mas se deu bobeira e não usou a camisinha, faça o teste de HIV”, destacou o supervisor do Programa DST/Aids.

Outras informações sobre o teste podem ser obtidas através do telefone (47) 2106-8330 (Laboratório Municipal), ou na Unidade de Saúde mais próxima de sua residência ou local de trabalho.






Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000