Categorias



Secretaria de Saúde realiza campanha de Combate ao Tabagismo

27/05/2019 - Publicado por: Jorge Pedroso - Categoria: Saúde - Tags: tag1 tag2

A cada sessão de uma hora de narguile equivale a fumar 100 cigarros

A Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul inicia nessa segunda-feira (27) a Campanha Municipal de Combate ao Tabagismo, com atividades durante toda a semana, intensificando ações de prevenção, principalmente em rodas de conversa nas salas de espera e orientações sobre os malefícios do cigarro e do narguile. A informação é da gerente de Programas de Saúde, Joyce Ribeiro Bueno, destacando que o narguile é o tema desse ano, conforme divulgação em outdoors, cartazes e flyers.

Segundo Joyce Bueno, a opção pelo tema reflete a preocupação dos profissionais de saúde do município pelo aumento do uso de narguile, tornando-se moda entre os jovens, porque tem-se a falsa ideia de que a fumaça é filtrada pela água e não provoca tantos malefícios quanto o cigarro. Ela explica que os dois causam os mesmos prejuízos à saúde, porém o narguile potencializa esses males, pois a fumaça possui quantidades superiores de nicotina, monóxido de carbono, metais pesados e substâncias cancerígenas.

Para se ter uma ideia do potencial maléfico do narguile, Joyce alerta que, a cada hora de inalação de sua fumaça equivale ao consumo de 100 cigarros. Comparando-se ao consumo do cigarro é individual, uma pessoa geralmente consome de 17 a 20 cigarros, fumando em intervalos regulares de uma hora mais ou menos, o narguile é usado em rodas de amigos de forma contínua por várias horas. “Como é um hábito social entre os jovens, surgem situações perigosas de associação ao consumo de outras drogas, como álcool, crack e cocaína, por exemplo”, acrescenta.

A campanha culminará com uma ação programada para sexta-feira, 31 de maio – instituído como o Dia Internacional do Combate ao TabagismoDia 31 –, ao lado do Museu da Paz, localizado em frente ao Terminal Urbano, na Avenida Getúlio Vargas. Prevista para iniciar às 9h e encerrar às 16h30, a atividade ocorrerá sob uma tenda, onde haverá roda de conversas com profissionais de saúde e serão fornecidas à população informações sobre os malefícios do cigarro e do narguile, orientações sobre tratamento e avaliação da dependência do fumante, além de outros serviços da Secretaria de Saúde, como avaliação de pressão e auriculoterapia. No local também estará exposto um totem, demonstrando o quanto representa o uso do narguile em comparação ao cigarro.

RISCOS – A gerente de Programas de Saúde reitera que os riscos do cigarro e do narguile – bem como do cigarro eletrônico ou de palha, do cachimbo e do charuto – à saúde das pessoas são os mesmos, podendo causar: inflamações crônicas (brônquios), insônia, diminuição da capacidade respiratória, ansiedade, inquietação, impotência, câncer oral, pulmonar e de fígado, doenças cardíacas, tuberculose e hepatite “C”.

TRATAMENTO – Joyce informa que o tratamento para a pessoa deixar de fumar é ofertado nas unidades de saúde. Para se inscrever, basta o interessado se dirigir ao posto de saúde de seu bairro e procurar orientação com os profissionais da unidade. De acordo com ela, o SUS fornece apoio medicamentoso e o tratamento é realizado em grupos.



 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000