Categorias



Projeto Academia da Saúde completa cinco anos

16/07/2018 - Publicado por: Pedro Bortoloti Jr - Categoria: Esportes - Tags: projeto academia saude ginastica cinco anos

A proposta tem como principal diferencial o atendimento humanizado

O projeto Academia da Saúde – Ginástica para Todos completa, em julho, cinco anos de atividades. Citado em revista especializada do Conselho Federal de Educação Física (Confef), do Rio de Janeiro, em setembro de 2014, que serve de exemplo para outras cidades, atende hoje, segundo o coordenador Caius Ananda Xavier dos Santos, média de 35 pessoas em duas academias e, dada a sua importância, merece passar por uma revitalização no tocante ao seu potencial. O auge da proposta ocorreu de 2014 a 2016, quando, com o auxílio de acadêmicos de educação física, coordenados por profissionais formados, havia o atendimento de mais 60 pessoas em seis academias, nos períodos matutino e vespertino.

O ideal, segundo o professor, é a presença de profissional da área para orientação de maneira correta sobre a utilização dos aparelhos, além do envolvimento da área da saúde, como ocorreu em 2016, em parceria com a Secretaria de Saúde, quando o Posto da Tifa Schubert, localizado no Amizade, serviu de porta de entrada para o projeto. “Como a comunidade local procura atendimento nos postos, a ficha de anamnese, bem como a solicitação de vários tipos de exames eram realizados pela equipe de trabalho do posto que, ao final do processo, para aqueles que não tinham nenhuma restrição, eram orientados para a prática de exercícios físicos regulares nas academias públicas. Fechava-se, assim, o ciclo de atendimento entre saúde, exercícios físicos orientados e qualidade de vida”, analisa. Ainda de acordo com Santos, o investimento no combate à prevenção de doenças e na manutenção de um bom estado físico e mental é vantajoso e tem custos menores do que os tratamentos. Outros benefícios observados foram a diminuição do vandalismo e o consumo de drogas nas academias, além da formação acadêmica.

Percepção do ser humano - O projeto, implantado em 17 de julho de 2013, pela então Fundação Municipal de Esportes (FME), na academia pública do centro da cidade, visava, com a presença diária de profissional de Educação Física, dar um atendimento correto da utilização dos aparelhos, agregando também, exercícios funcionais, caminhadas, passeios, buscando a socialização entre os participantes, tratamento humanizado. “Era muito mais do que exercícios físicos repetitivos, percebia o ser humano como um todo”, conclui.














 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000