Categorias



Produtor rural é orientado a fazer o CAEPF o quanto antes

05/02/2019 - Publicado por: Emerson Gonçalves - Categoria: Agricultura - Tags: caepf agricultor

Desde o dia 15 de janeiro deste ano entrou em vigor a obrigatoriedade do Cadastro de Atividade Econômica de Pessoa Física (CAEPF). A medida está prevista na Normativa nº 1828/2018 Receita Federal. Segundo o secretário d Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Daniel Peach, o segmento agropecuário é um dos que terá de se adequar à nova regra. “Precisa fazer este cadastro o agricultor que tiver funcionário registrado ou aquele produtor que contribui individualmente com a Previdência, ou seja, o segurado especial.”

O agricultor poderá ter mais de um cadastro, sendo um por propriedade ou um por cada contrato de arrendamento ou comodato. O secretário acrescenta que a idade mínima para se inscrever no CAEPF é 16 anos.

Daniel Peach explica que o novo cadastro nada mais é que a migração do antigo CEI (Cadastro Específico do INSS). Para regularizar sua situação o empreendedor rural tem duas maneiras; procurar seu contador ou se dirigir a uma agência da Receita Federal. “A partir de maio, o CEI será extinto e caso ainda não esteja incluído no CAEPF, o agricultor pode perder a condição de segurado especial, nem promover a comercialização de seus produtos podendo até ter sua aposentadoria comprometida”..

Observação importante: a normativa da Receita Federal solicita a imediata inclusão no CAEPF para quem já atua no segmento rural Por outro lado, estabelece prazo de 30 dias para pessoas que ingressaram agora no agronegócio para regularizar sua situação.

 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000
Website Security Test