Categorias



Pesquisa traça panorama do coronavírus em Jaraguá do Sul

02/09/2020 - Publicado por: Patricia - Categoria: Saúde - Tags: corona coronavirus

Dos 652 entrevistados e testados, 39 (ou 5,98%) testaram positivo para doença


Após a finalização da primeira etapa da pesquisa sobre a incidência da Covid-19 nos bairros de Jaraguá do Sul, os dados começam a ser analisados com profundidade por pesquisadores da Católica e pelos integrantes do Comitê de Combate ao Coronavírus.

O objetivo da iniciativa é avaliar a velocidade de expansão da infecção, o perfil dos infectados, assim como comportamentos que possam favorecer a transmissão para, com isso, traçar novas estratégias de enfrentamento contra a doença.

Ao todo, foram testadas e entrevistadas 652 pessoas assintomáticas nos bairros Centro, Vila Lenzi, Nova Brasília, São Luís, Rio Cerro I e II, Jaraguá 84, Água Verde, Estrada Nova, Rio da Luz, Barra do Rio Cerro, Rau e Jaraguá 99. O objetivo inicial era de que 1.500 pessoas fossem testadas, porém, cerca de 30% dos visitados não aceitaram receber o pesquisador. A segunda etapa da pesquisa terá início até o dia 15 de setembro, com 1.500 participantes.

Os dados colhidos até agora já possibilitam traçar um perfil do comportamento do vírus no município. Dos 652 entrevistados e testados, 39 (ou 5,98%) testaram positivo para doença. Destes, 26 (3,99%) tiveram IgM positivo, ou seja, estavam com vírus e são possíveis transmissores, e outros 13 (1,99%) tiveram IgG positivo, estariam, portanto, possivelmente imunizados.

Segundo o professor da Católica, Rafael Dutra de Armas, o índice de assintomáticos chama a atenção, principalmente porque eles estão possivelmente transmitindo o vírus para outras pessoas. Outro dado que reforça a necessidade da população manter os cuidados e o distanciamento é a quantidade de pessoas que relataram não ter tido sequer um sintoma leve da doença. Entre os que testaram positivo, 83% disseram não ter sentido nenhum sintoma relacionado à Covid nos 15 dias que antecederam o estudo, outros 10,3% apresentam um sintoma apenas e somente 6,8 tiveram dois ou mais sintomas.

Entre os que tiveram sintomas, os mais clássicos foram dor de garganta e tosse. Depois aparecem dificuldade de respirar, palpitação, diminuição do olfato, diarreia e vômito. “Chamou a atenção que entre os assintomáticos ninguém relatou febre”, acrescenta o professor.


Comportamento
Outro dado que chama a atenção é quanto ao comportamento dos jaraguaenses em relação à pandemia; 42% dos entrevistados disseram receber parentes em casa pelo menos uma vez por semana e 10,7% disseram ter viajado na última semana. Entre os positivados, 18% afirmaram que outro morador da mesma casa já havia sido infectado. Entre os que testaram negativo, o percentual foi de 4%. Os dados reforçam a tese de que o índice de contágio entre os moradores da mesma casa é grande. Além disso, entre os positivados, 33% disseram ter tido contato com pessoas suspeitas de terem a doença, contra 17% dos que testaram negativo.

Renda e consumo
Em relação à renda, 57,5% dos entrevistados disseram não ter sofrido reflexo econômico ou ter sofrido pequeno impacto em função da pandemia, contra 8,5% que afirmaram que sofreram uma grande redução na renda familiar. A pesquisa também mostrou que a alimentação em casa foi um dos hábitos que mais ganhou força durante a pandemia. Houve aumento considerável também de gastos com telefonia e internet e higiene e limpeza.


Hábitos precisam ser mantidos

Segundo a presidente do Comitê de Combate ao Coronavírus, Emanuela Wolff, a pesquisa traz muitos dados importantes e um deles é sobre a necessidade de que os hábitos de prevenção e higiene sejam mantidos. Emanuela lembra que aos poucos as atividades estão sendo retomadas e alerta que para que a situação continue sob controle será necessário que a população se acostume com o ‘novo normal’.

“Manter distanciamento seguro, uso de máscara, higiene frequente das mãos. Tudo isso continua sendo necessário, é o novo normal pelo menos até que tenhamos outro método de prevenção, como a vacina”, explica a presidente.

O Painel Covid aponta queda consecutiva na curva de contágio em Jaraguá do Sul nas últimas quatro semanas. Foram 489 novos casos confirmados entre os dias 26 de julho a 1º de agosto, contra 150 casos na última semana. A queda, contudo, continua exigindo cuidados especiais por parte da população e, redobrado, para aqueles que fazem parte dos grupos de risco.



 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000