Categorias



No ar, a terceira edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul

25/06/2020 - Publicado por: Pedro Bortoloti Jr - Categoria: Cultura - Tags: festival cinema fescine edição terceira película películas

É hoje o primeiro dos três dias do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul. A primeira sessão iniciou pontualmente às 8 horas, disponibilizada pelos links: https://www.jaraguadosul.sc.gov.br/festival-do-cinema e https://www.youtube.com/watch?v=Ut7fS-5ulAo&feature=youtu.be. O evento terá a exibição de 100 filmes on-line, por causa da pandemia de coronavírus. Muitos deles concorrem nas 16 categorias premiadas pelo Instituto Fescine e pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, realizadores do evento.  As películas com censura a partir de 12 anos têm os links fornecidos em https://www.jaraguadosul.sc.gov.br/news/falta-um-dia-para-o-festival-de-cinema, com acesso válido somente nos horários estabelecidos. Há, ainda, entre os selecionados, cinco obras que não serão exibidas por possuírem contrato com distribuidoras que impedem a exibição em meios eletrônicos.

 A organização conta com um número recorde de inscrições (377), quase 100 a mais que na segunda edição do Festival, quando houve 280. No primeiro ano do festival, em 2018, foram 230 os inscritos. 

Muitos filmes abordam temáticas sociais importantes e pedagógicas como bullying e a vida de menores infratores nas casas de detenção, por exemplo. “Nós” é voltado para pré-adolescentes. O menino persegue um autista que faz desenhos de sua namorada. Isso acaba em agressões e em tragédia. Mostra as consequências do bullying.

“Todos Iguais” fala da adolescente ajudada por um morador de rua que resolve apresentá-lo para os pais. A família procura retribuir e surge um laço de amizade e respeito. Em “Eu sou o Super-Homem”  há uma festa infantil com fantasias quando um colega negro chega com a fantasia igual a do aniversariante. Começam os problemas entre os dois, pois o super-homem de verdade é branco. 

 “Talkey - Amazon on fire” é um documentário sobre as queimadas na Amazônia. “O Véu de Amani” conta a história de uma muçulmana que vive no Brasil. As amiguinhas nadam no rio usando biquíni, mas Amani não pode usar esse tipo de roupa. O filme mostra as diferenças culturais que precisam ser respeitadas.

 “Simplesmente Bella!” é uma produção jaraguaense sobre a rotina de uma garota cega. “O Celatomus” conta a história de um homem que compra livros, mas não sabe ler. Repentinamente, os livros começam a desaparecer, mas são devolvidos em alguns dias. Ele resolve investigar e descobre um extraterrestre que levava os livros para ler em voz alta. O Homem, então, passa a ser um ouvinte das histórias.

 Mais informações em https://www.jaraguadosul.sc.gov.br/news/divulgada-a-programa-o-oficial-do-festival-de-cinema-de-jaragu-do-sul
 

Galeria de fotos





 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000