Categorias



Museu Emílio da Silva fecha em agosto e reabre no fim de outubro

30/07/2019 - Publicado por: Clarissa Borba - Categoria: Cultura - Tags: museu reforma emilio silva casa colonizador agendar visita

O Museu Histórico Emílio da Silva, localizado na Praça Ângelo Piazera, no Centro, está em reforma. Desde que iniciou suas atividades como museu, nunca passou por obras de restauro como essa, de acordo com a chefe dos museus Ivana Cavalcanti. As obras se concentram no telhado do museu, forro e pintura interna e externa. Para segurança dos visitantes e agilidade na reforma, o prédio fica fechado à visitação de 1º de agosto até a segunda quinzena de outubro. Nesse período, a Casa do Colonizador servirá de base para as visitações.  

O prédio do museu histórico é tombado como patrimônio de Jaraguá do Sul e necessitava de reforma há muitos anos, tendo rachaduras, goteiras e necessitando de reparos em sua cobertura. O investimento na obra de restauro é de R$ 429 mil, sendo a maior parte do dinheiro do Fundo de Preservação do Patrimônio Histórico (Fumphaan). A empresa vencedora da licitação iniciou as obras em maio e deve finalizar na segunda quinzena de outubro.

Nesses dois meses e meio de portas fechadas ao público, a equipe do Museu Emílio da Silva atenderá na Casa do Colonizador, na Avenida Pref. Waldemar Grubba, 1811, na Vila Lalau. A casa tem coleções etnográficas em menor proporção do que o museu histórico, mas dá boa ideia do acervo encontrado no prédio em reforma. Visitas de escolas poderão ser agendadas no telefone (47) 2106-8700.


Casa do Colonizador

A Casa do Colonizador tem em seu acervo utensílios utilizados pelos colonizadores de Jaraguá do Sul, como montagens externas dos engenhos e apresentação de alguns meios de transporte da época. No espaço memória há ferramentas agrícolas, de madeireiras e transportes de tração animal.

História da casa estilo enxaimel

A casa de estilo enxaimel, que hoje abriga parte do museu, foi construída originalmente na Rua Epitácio Pessoa pelo colonizador germânico Johann Doubrawa. Em 1947 passou para o nome da filha, Clemencia Doubrawa Gurski. Esta, por sua vez, vendeu-a para Arwino Walter Gaertner. Em 1978 Eggon João da Silva comprou a casa, sendo que alguns anos mais tarde – por volta de 1985 -, a doou para o município. A Administração Municipal relocou a casa para a Avenida Waldemar Grubba, transformando-a na Casa do Colonizador e Centro de Informações Turísticas.
 
Serviço

O quê: Casa do Colonizador – extensão do Museu Histórico Emílio da Silva
Quem: Interessados em conhecer um pouco da história e colonização da cidade
Quando: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12 horas e da 13 às 16h30
Onde: Avenida Prefeito Waldemar Grubba, 1811, Vila Lalau
Telefone: (47) 3275-2146
E-mail: museuhistorico@jaraguadosul.sc.gov.br



 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000