Categorias



Habitação de Jaraguá vai a Brasília resolver impasse de condomínio popular

09/08/2019 - Publicado por: Clarissa Borba - Categoria: Habitação - Tags: habitacao brasilia santa luzia

O diretor de Habitação de Jaraguá do Sul Luis Fernando Almeida esteve em Brasília (DF) na terça-feira (6), junto com o deputado federal Carlos Chiodini, para apresentar ao ministro do Desenvolvimento Regional do Brasil, Gustavo Canuto, a situação do Residencial Santa Luzia, condomínio do Programa Minha Casa Minha Vida em construção no bairro Santa Luzia desde 2014. Ele teve seus prazos de conclusão adiados diversas vezes devido a problemas com a construtora. 

Durante reunião marcada pelo deputado federal jaraguaense, o diretor de Habitação falou do histórico do residencial, apresentou a situação atual de abandono da estrutura e cobrou uma posição do governo federal para que a obra seja finalizada e entregue às famílias selecionadas. “A não entrega do Residencial Santa Luzia envolve a construtora vencedora do edital, a Caixa Econômica e o governo federal. Nós não teríamos muito o que fazer com relação à conclusão da obra, mas, na ânsia de poder dar uma resposta às famílias pré-selecionadas, propus ao ministro usar recursos do nosso fundo habitacional para agilizar o processo”, revela Almeida. A Diretoria de Habitação pré-selecionou 266 famílias para os 155 apartamentos do residencial, conforme exigência da Caixa.

Na proposta do diretor, o Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS) entraria com uma parte dos R$ 2,047 milhões faltantes para terminar a obra e o governo federal com outra parte. “Há muita demora por parte da Caixa Econômica para agilizar a finalização do residencial, que já está com 80% da obra acabada. E as famílias não podem mais esperar. Queremos dar uma solução final para isso. O ministro Canuto se interessou pela nossa proposta de financiar parte dos R$ 2 milhões faltantes. E o pagamento desse financiamento, ao invés de ir para a Caixa, voltaria diretamente ao fundo”, explica Almeida. O próximo passo prometido pelo governo federal foi criar uma comissão para análise dos recursos a serem investidos no Residencial Santa Luzia. O diretor Luis Fernando Almeida vai cobrar do ministro, na semana que vem, a relação de membros da comissão e quando acontece a primeira reunião. 



 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000