Categorias



Fujama formaliza pedido à Copel sobre nova linha de transmissão de energia

21/02/2019 - Publicado por: Rogério Tallini - Categoria: Meio Ambiente - Tags: fujama linha transmissao energia copel

Equipe da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente participou de encontro nesta quarta-feira (20), com representantes da companhia paranaense de energia elétrica Copel, onde foi discutida a implantação da nova linha de transmissão de energia que irá interligar o norte de Santa Catarina ao Paraná. 

Conforme o Gerente de Licenciamento Industrial da Fujama, Gilberto Ademar Duwe, a reunião aconteceu na Escola Municipal de Ensino Básico Ribeirão Cavalo, no começo da noite de quarta-feira, e serviu para a formação da Comissão de Comunicação Social da Linha de Transmissão 525 kV Blumenau – Curitiba Leste. Além dos representantes da Prefeitura, também estiveram moradores das regiões abrangidas pela linha de transmissão: Vila Machado, Rio da Luz e Ribeirão Cavalo. Os impactos da obra nestas comunidades foi outro assunto discutido.

Ainda, segundo Duwe, a Fujama aproveitou para formalizar o pedido para que os valores referente às compensações ambientais resultantes da implantação da linha de transmissão sejam revertidos para o município de Jaraguá do Sul, mais especificamente, no Parque Natural Municipal Morro dos Stinghen, Unidade de Conservação Municipal legalmente constituída. “Com os valores provenientes da compensação, a Fujama poderá investir no Plano de Manejo do Parque, instalar novos equipamentos e abrir novas trilhas no local. Com isso, o Parque poderá atender melhor a comunidade com as diversas atividades de educação ambiental ali realizadas”, justificou o gerente.

O projeto da Copel prevê cerca de R$ 200 milhões de investimentos, em 145 quilômetros de distância entre uma ponta e outra desta linha de transmissão de energia elétrica, passando pelos municípios de São José dos Pinhais, Mandirituba e Tijucas do Sul, no Paraná, Campo Alegre, São Bento do Sul, Corupá, Jaraguá do Sul, Pomerode e Blumenau, em Santa Catarina. Serão levantadas 289 torres, a cada 500 metros de distância. 

Pedido para que os recursos das compensações ambientais fossem destinadas ao município de Jaraguá do Sul já havia sido apresentado em audiência pública, no ano passado, na SCAR.









Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000