Categorias



Feira livre será a consolidação do Programa Cinturão Verde

02/10/2019 - Publicado por: Emerson Gonçalves - Categoria: Geral - Tags: tag1 tag2

Idealizado no início da atual gestão municipal, em 2017, o Programa Cinturão Verde surgiu com o objetivo é incentivar os agricultores familiares jaraguaenses para produzirem alimentos, buscando a diversificação da produção, contribuindo para a sustentabilidade no meio rural e a geração de emprego e renda. Desde então, a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura de Jaraguá do Sul promoveu capacitações com os produtores inscritos com apoio do Serviço de Aprendizagem Rural (Senar) e da própria Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). A segunda etapa foi a montagem das estufas para cultivo protegido nas 39 propriedades rurais credenciadas.

“A partir de agora, o Programa entra numa nova etapa que será de definir as seguintes questões: quem vai produzir? O que será produzido e a quantidade e variedade do que será produzidos? A partir daí, poderemos encaminhar o próximo passo que a consolidação da Feira Livre que será montada no pátio em frente a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, na Barra do Rio Cerro”, adiantou o engenheiro agrônomo da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Jackson Schutz. A projeção é que esta feira começe a funcionar a partir de novembro.

Para tentar responder estas e outras perguntas, ocorreu na última semana de setembro, na na Sociedade Centenário no Rio da Luz, o 1º Seminário do Programa Cinturão Verde. O evento que contou com a presença de 56 participantes, entre técnicos, autoridades e produtores rurais interessados na produção e venda de hortaliças, frutíferas e ornamentais.

No evento houve a apresentação do secretário municipal do Desenvolvimento Rural e Abastecimento, Daniel Peach, sobre chamada pública, dificuldades Encontradas e feiras livres no município de Jaraguá do Sul. Em conjunto, houve a participação da nutricionista da Secretaria da Educação, Ionara Lais Verdin Camargo, explicando sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Também houve a apresentação do gerente regional da Epagri de Canoinhas, Daniel Uba com o tema: “Potencial do Fortalecimento da Agricultura Familiar por Meio das Organizações. E finalizando as apresentações, Elisiane de Souza Chiodini, líder do núcleo de gastronomia da Associação Comercial e Industrial de Jaraguá do Sul – ACIJS, que tratou sobre os avanços da gastronomia e comportamento do consumidor", relembrou o agrônomo.

Num segundo momento do seminário ocorreram duas atividades com os produtores, sendo que primeiramente responderam um questionário sobre sua produção e depois utilizando-se de metodologia de grupo, foram levantados os problemas e propostas para continuidade e melhoria do Programa Cinturão Verde.


As propostas apontadas pelos produtores foram justamente direcionadas à funcionalidade da feira livre, como a organização de quem e o quê deverá ser produzido, quantidade, variedade, padronização da produção dos hortifrutis, marcação de reuniões prévias às feiras para controle das entregas, definição dos preços e demais detalhes para o seu correto funcionamento. “Além disso, foi solicitado a continuidade do auxílio da Secretaria quanto aos subsídios nos insumos, nos serviços de máquinas, nos atendimentos técnicos e nas entregas de mais abrigos agrícolas pelo Programa Cinturão Verde para viabilizar a produção”, ponderou Jackson Schutz.

Na ocasião, os agricultores Agenoer Lemke e Vanderlei Walter Henrique Lenz tambem foram eleitos representantes dos produtores hortifruti junto ao Conselho Municipal do Desenvolvimento Agropecuário (Comdagro).


 





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000