Categorias



Com mais de mil estudantes, Movimento Jaraguá em Ciência termina nesta quinta-feira

11/09/2019 - Publicado por: Patricia - Categoria: Educação - Tags: jaragua em ciencia febic arena

A Arena Jaraguá, tão acostumada a sediar grandes eventos esportivos, comerciais e de lazer foi transformada em um palco de puro conhecimento e curiosidade. São 410 trabalhos expostos nos corredores do Movimento Jaraguá em Ciência, cerca de mil estudantes do pré ao ensino superior de diversas cidades de Santa Catarina, outros 16 Estados e ainda da Colômbia e Paraguai.

O Movimenta Jaraguá em Ciência, que reúne três feiras no mesmo espaço, a Feira Brasileira de Iniciação Científica (Febic) e as Feiras Municipais de Ciência e Tecnologia e de Matemática, começou na segunda-feira e será encerrado nesta quinta. A premiação dos trabalhos vencedores nas feiras municipais acontece às 15h30, nesta quinta, na Arena. Já a Febic revelará os vencedores na sexta-feira às 18h no Parque de Eventos.

Um evento dessa grandeza é uma oportunidade de ampliar conhecimento, conhecer pessoas e trocar experiências. E quem atesta isso é um grupo vencedor que já foi ao Pará e ao México apresentar a bala anticárie, desenvolvida nas aulas de Ciências da Escola Municipal Luiz Gonzaga Ayroso.

“Estar aqui é uma inspiração, incentiva jovens e crianças como nós a conhecer a ciência, a inovar”, diz Raquel Dias ao lado dos colegas Manoara Carlaine e Luís Eduardo Marquardt, todos de 14 anos.

E se o Movimento Jaraguá em Ciência reúne estudantes premiados, também há espaço para aqueles que estão começando. No estande do Centro de Educação Infantil Eliane Welk Kreu ficam os estudantes do pré Henrique Buzzi e Nicolle Lamburg, ambos de cinco anos.

Sob os olhares atentos da professora Rosane Vieira Alves eles brincam com os joguinhos desenvolvidos em aula. Tem dominó, jogo de grampos, pião, da pizza. “Tudo feito com material reciclável e pensado para ajudar no entendimento da matemática e no desenvolvimento da capacidade motora”, diz a professora.

Atentas à necessidade de mudança de comportamento em relação ao lixo, as estudantes Luana Caroline Cristiano, 13 anos, Ana Luiza Costa, 15 anos, e Julia da Costa, 13 anos, da Escola Estadual Erich Gruetzmacher, apresentaram um projeto sobre compostagem intitulado “Comer, Separar e Compostar”.

No estande elas explicam todo o processo e ressaltam números que impressionam. “Jaraguá do Sul produz 33 mil toneladas de lixo orgânico por ano”. Com a compostagem, o lixo orgânico é transformado em adubo e com a experiência feita por elas durante três meses foi possível comprovar que o chorume faz as plantas crescerem mais rápido. 

Quem for até a Arena nesta quinta-feira deve estar preparado para se surpreender. Os participantes estão afiados e prontos para dividirem suas descobertas. 







 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000