Categorias



Basquete: Júlio Patrício confirmado na Seleção Brasileira Sub-17

27/02/2014 - Publicado por: IRIANE - Categoria: Esportes - Tags: rendimento






O técnico Júlio César Patrício, do basquete feminino de Jaraguá do Sul, foi confirmado como comandante da Seleção Brasileira Sub-17 no 3º Campeonato Mundial da categoria, que acontece na cidade de Bratislava, na Eslováquia, entre os dias 28 de junho a 6 de julho.

Após a conquista do título sul-americano Sub-15 (Venezuela/2012) e da classificação para o Mundial Sub-17, com a conquista da medalha de bronze na Copa América Sub-16 (México/2013), Patrício se preparado para seu próximo desafio.

"Estou bastante motivado. Desde 2012 mantenho o discurso em relação a essa geração. Sempre conquistamos bons resultados na base e essas meninas irão trazer grandes frutos para as seleções futuras. São atletas muito talentosas e é uma das melhores gerações que o Brasil já teve”, afirmou.

Sobre o Mundial, Patrício acredita que as garotas podem surpreender. “Acredito muito no potencial delas e sabia que elas chegariam ao Mundial, que é o auge da carreira delas nesse momento. Elas sempre mostraram uma postura surpreendente e sabem o significado de vestir a camisa da seleção", avaliou.

Na Eslováquia, Patrício e suas comandadas terão pela frente na primeira fase as seleções da Espanha, da Itália e do Egito, formando o Grupo B. No Grupo A estão República Tcheca, Canadá, Hungria e Coréia. O Grupo C é formado por Austrália, México, Eslováquia e Japão. Pelo Grupo D jogam Estados Unidos, Mali, França e China.

"No Campeonato Mundial estão os melhores da categoria. A Espanha, por tradição, sempre chega nas finais dos campeonatos de base. Também enfrentaremos a Itália, quarta colocada no Europeu Sub-16. Os quatro primeiros lugares do Europeu tiveram placares bastante apertados e mostraram que estão no mesmo nível", analisa Patrício.

Sobre o Egito, o treinador faz um alerta. "Acho que pode ser o azarão da chave. Ganhou de Mali na final do Campeonato Africano e o nível técnico das equipes africanas vem melhorando bastante. Já assisti ao vídeo das egípcias e é um grupo rápido e bastante aguerrido. Vamos respeitar todos os adversários, mas sem deixar de impor o jogo do Brasil", completou.

O primeiro Campeonato Mundial Sub-17 Feminino foi realizado na França, em 2010. A segunda edição aconteceu dois anos depois em Amsterdã, na Holanda, e contou pela primeira vez com a participação do Brasil, que terminou em 11º lugar. Os Estados Unidos venceram as duas competições, que tiveram a participação das doze melhores seleções do Mundo.

"Nosso primeiro objetivo é conquistar a melhor posição possível na primeira fase. Para isso, precisamos ficar entre os primeiros lugares. Nesse novo modelo de competição da FIBA, qualquer vitória é importante para conquistarmos nosso objetivo, que é estar na final", finalizou Patrício.

De acordo com o regulamento, na primeira fase as equipes se enfrentam nos seus respectivos grupos. As quatro seleções se classificam para as oitavas de final, em eliminatória simples. Nessa fase, as seleções do Grupo A jogam contra as do Grupo B e as do Grupo C com as do Grupo D. Os vencedores disputam de 1º ao 8º lugares e os perdedores de 9º a 16º lugares. Todas as seleções irão disputar sete jogos durante o Mundial.

---
Fonte: Júlio Patrício, técnico, (47) 9194-0020
---






Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000