Categorias



Agentes são capacitados para prevenção e captura de escorpiões

26/08/2014 - Publicado por: Emerson Gonçalves - Categoria: Saúde - Tags: escorpioes capacitacao saude

crédito:  Ulises S. SternheimO Programa de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal da Saúde de Jaraguá do Sul (Semsa) capacitou 17 agentes de endemias para realizarem orientações de prevenção e capturas de escorpiões. O curso ocorreu de 11 a 22 de agosto da sede da Diretoria de Vigilância em Saúde (rua Jorge Czerniewicz, 800).

Foram sete horas de aulas teóricas e oito horas de aulas práticas, realizando busca ativa de escorpiões em determinada área no centro da cidade. Com essa capacitação, os agentes de endemias, além do combate e prevenção à dengue, também iniciam o trabalho relacionado a escorpiões. “Caso um munícipe encontre algum escorpião em sua residência ou local de trabalho, fazer contato telefônico através da Ouvidoria da Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul através do telefone 0800 6420 156, para realizarmos a busca ativa da espécie no local.”, destacou o diretor de Vigilância e Saúde, Dalton Fischer.

DICAS PARA CONTROLAR OCORRÊNCIA DE ESCORPIÕES

1) Manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas e lixo e entulhos;

2) Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados. Não jogar lixo em terrenos baldios;

3) Limpar terrenos baldios situados a cerca de dois metros das redondezas dos imóveis;

4) Eliminar fontes de alimentos para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados;

5) Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil e terraplenagens que possam deixar entulho, superfícies sem revestimentos, umidades etc.;

6) Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado;

7) Evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões;

8) Remover folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externas e muros;

9) Manter fossas sépticas e caixas de gordura bem vedadas, para evitar a passagem de baratas e escorpiões;

10) Rebocar paredes externas e muros para que não apresentem vãos ou frestas; onde um escorpião poderia se alojar.


SINAIS E SINTOMAS LOCAIS APÓS A PICADA DE ESCORPIÕES

1) Dor intensa e imediata após a picada, podendo espalhar-se por todo o membro e ser acompanhada de parestesia (formigamento);

2) Eritema (vermelhidão no local da picada);

3) Sudorese (transpiração) localizada ao redor da picada.

O QUE FAZER EM CASO DE ACIDENTES (PICADAS)?

1) Limpar o local da picada com água e sabão;

2) Aplicar compressa morna no local;

3) Não amarrar ou fazer torniquete;

4) Não cortar, perfurar ou queimar o local da picada;

5) Não aplicar nenhum tipo de substância sobre o local da picada;

6) Não beber nenhuma bebida alcoólica.

7) Ir para o hospital o mais rápido e, se possível, levar o escorpião para a identificação (crianças até 11 anos no Hospital Jaraguá e acima de 11 anos no Hospital São José).

CURIOSIDADES SOBRE ESCORPIÕES

1) Não atacam, eles se defendem;

2) Nem sempre vivem em grupos. São animais solitários;

3) Não formam ninhos e não sobem em vidro e/ou superfície lisa;

4) Todos são venenosos e tem capacidades de injetar o seu veneno, porém, a diferença entre as espécies perigosas e não perigosas está na ação deste veneno no homem;

5) Nunca utilizam todo seu veneno em uma única picada e podem causar um segundo acidente imediatamente após o primeiro. Podem também picar e não inocular seu veneno, causando um acidente assintomático (sem sintomas).





Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000