Categorias



“A Esperança Nunca Morre” terá nova apresentação

11/12/2012 - Publicado por: Webmaster - Categoria: Cultura - Tags:

Reapresentação do Auto de Natal da Fundação Cultural ocorrerá na terça-feira (18), na Praça Ângelo Piazera Salão lotado, público atento às apresentações e muitos aplausos. Esta foi a sequência de acontecimentos do Auto de Natal, no sábado (8), no Salão Barg, no bairro Rio da Luz, promovido pela Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, através do “Programa Cultura nos Bairros”. O tema da 12ª apresentação na comunidade foi “A Esperança Nunca Morre”, que contou com a direção do professor de teatro, Paulo César da Silva. Os 23 alunos da Escola Helmuth Duwe exploraram, durante cerca de 50 minutos, todos os espaços do palco possíveis, sem falar da interação com os espectadores. O espetáculo contou com diversas manifestações culturais: a dança, representada pelas quatro coreografias da Ornellas Cia da Dança; o instrumental, através do acompanhamento do grupo Zamba Music; e a música, com as interpretações da tricampeã do Festival Estudantil da Canção, Bruna Soares, além dos cantores Bruno e Dionatan, participantes do projeto “Incentivando talentos”, da Fundação. No final, os aplausos tomaram conta do salão, num misto de orgulho dos familiares que prestigiavam a participação dos filhos. Para os integrantes do grupo, ficou a sensação do dever cumprido, de ter passado uma mensagem positiva sobre a importância da data. A preparação do evento vem ocorrendo desde julho, quando a peça foi escrita por Silva, com ensaios às terças e quintas-feiras, na escola. A mesma apresentação ocorrerá, também, na Praça Ângelo Piazera, na terça-feira (18), às 20 horas, com a participação do coral “Pequenos Vencedores”, encerrando a programação natalina da cidade. A história é ambientada com um professor de teatro que encontra-se num momento de muito desânimo e grande conflito. Isso porque perdeu a fé na humanidade e nele mesmo, pois há anos preparando Autos de Natal para levar uma mensagem de amor e esperança, percebe que as pessoas, inclusive ele, ainda agem e reagem de forma individualista e violenta. Sendo assim, busca não mais envolver-se com as apresentações. Antes, esquiva-se para outras atividades artísticas. Em contrapartida, seus alunos, que ainda acreditam na mística no Natal, instigam e tentam convencê-lo de que é preciso continuar, de que nem tudo está perdido. Será que conseguirão? Estarão sozinhos nesta tarefa? De acordo com o diretor, o enredo tem o objetivo de “alcançar o coração das pessoas com uma possibilidade de amor e paz”. As outras 11 edições do Auto de Natal no Salão Barg contaram sempre com uma peça. Entre elas: “O Boi e o Burro”, “Vendo as Sombras pela Luz no Natal”, “Natal no Reino da Fantasia”, “Aconteceu no Natal”, O Verbo da Vida”, “A Criança do Natal”, “Reflexos Posteriores”, “A Caixa dos Desejos e o Sentido do Natal”, “Feliz Aniversário”, “A vida de Cristo” e “Contrastes”. Sobre o programa - O Programa “Cultura nos Bairros” atende alunos da rede municipal de ensino nas modalidades de teatro, dança, capoeira e banda. As aulas ocorrem em horário extraclasse. Em 2012, o programa, que está em sua quarta edição, investiu R$ 70 mil com a aquisição de instrumentos musicais, confecção de figurinos, cenários, transporte, camisetas, locações, filmagens, divulgação e edição, envolvendo cerca de 870 alunos de 15 instituições de ensino, um centro de educação infantil e o Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas I). As aulas de dança, coordenadas pelo professor Anderson Leandro dos Santos, ocorrem nas escolas municipais Machado de Assis, Alberto Bauer, Cristina Marcatto e Gertrudes Milbratz. As de música, coordenadas pelo maestro Filemon Fernandes, para formação da Banda Marcial de Jaraguá do Sul e da fanfarra, na Albano Kanzler, Alberto Bauer e Luiz Gonzaga Ayroso. As aulas de teatro ocorrem com a professora Luciana Lima da Costa, nas escolas Cristina Marcatto e Gertrudes Milbratz; e com o professor Paulo César da Silva, na Emef Helmuth Duwe. As de capoeira, com Jeferson Batista dos Santos, beneficiam estudantes das escolas Antônio Estanislau Ayroso, Gertrudes Milbratz, Renato Pradi, Ricieri Marcatto e do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Guilherme Tribess. Em 2011, foram 15 as instituições atendidas, das quais 13 escolas municipais, beneficiando 890 crianças e adolescentes, num investimento total de R$ 33.500,00. As aulas de capoeira movimentaram 393 crianças e adolescentes; as de teatro, 210; as da banda estudantil, 150; e as de dança, 145 estudantes.




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000