Categorias



32ª Schützenfest é adiada para 2021

04/05/2020 - Publicado por: Gabriel Vieira - Categoria: Cultura - Tags: schützenfest corona coronavírus adiamento

Reflexo da pandemia do coronavírus, que mudou a rotina da população em todo mundo, a Prefeitura de Jaraguá do Sul determinou o adiamento da 32ª Schützenfest, agendada para ocorrer entre 5 e 15 de novembro desse ano, para novembro de 2021. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (4), após a reunião do Comitê Gestor de Crise, estabelecido pelo Município para tratar dos assuntos relativos à pandemia de Covid-19.

Três fatores pesaram na decisão. O primeiro foi a necessidade de, no momento, concentrar investimentos na Saúde. O segundo é a impossibilidade de fazer todas as licitações que envolvem um grande evento como a Schützenfest em tempo hábil. O terceiro ponto é a questão da proteção á saúde, já que é impossível prever, por enquanto, quais serão as medidas de restrição impostas até novembro.

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, ressaltou que, tendo em vista o direcionamento de recursos e esforços para o combate à pandemia e a queda na arrecadação prevista no Município, a maior parte das despesas públicas estão sendo revistas. “Nesse momento, há a necessidade de darmos andamento às obras já iniciadas e focar na Saúde, por isso, foi preciso repensar a realização da festa. Sei que, no próximo ano, a comunidade estará integralmente dedicada à nossa Schützenfest”, destacou Lunelli.

De acordo com o presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Alcides Pavanello, já havia um grupo nomeado pelo Gabinete do Prefeito para cuidar dos preparativos, antes do anúncio dos demais integrantes da comissão. “A festa desse ano seria uma das mais bonitas que Jaraguá do Sul já havia visto, bandas já contratadas, mas o restante ainda dependia de contratação. Com a necessidade de direcionar recursos e esforços para o combate à pandemia, decidiu-se pelo cancelamento”, afirmou.

A edição de 2019 foi a Schützenfest dos recordes. Foram 11 dias de festa, 117.410 visitantes, 163.288 copos de chope consumidos e 90.153 tiros disparados, tornando a festa inesquecível para os visitantes e para a organização. A festa também apostou no apelo ecológico, com a coleta de 8,8 toneladas de lixo reciclável nos dias do evento.

Relatório aponta medidas necessárias
Um levantamento feito pela equipe que já trabalhava na realização da festa apontou que diversas medidas, necessárias para impedir o contágio do novo coronavírus, inviabilizariam a realização das competições de tiro, carro-chefe da festa. A arma a ser utilizada no estande, por exemplo, precisaria ser higienizada a cada troca de competidor, sendo que o álcool deteriora o material utilizado no armamento. A organização das filas – respeitando a distanciamento – também foi levantado no relatório.

As majestades (de tiro e da beleza) não estariam autorizadas a fazerem fotos com visitantes, cumprindo as medidas de distanciamento. Os bailes e apresentações culturais também foram apontados no documento redigido, que ainda detalha a impossibilidade de fazer a limpeza constante dos brinquedos infantis e de realizar os tradicionais desfiles típicos, por exemplo.

Auxílio às Sociedades
O Município agora busca formas para auxiliar as sociedades de tiro integrantes da Associação dos Clubes e Sociedades de Tiro do Vale do Itapocu (ACSTVI), que estão com a programação suspensa também por conta da pandemia do novo coronavírus. “Nós não queríamos ter de adiar a festa para o próximo ano, mas as circunstâncias exigem. Haverá uma conversa entre o Município e a ACSTVI, para que encontremos um caminho”, afirma a Chefe de Gabinete, Emanuela Wolff.






Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000