História
Histórico da Gestão Ambiental Municipal
A Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente - Fujama, foi instituída  pela Lei Complementar nº 041 de 28/09/2005.


É sucessora dos seguintes órgãos:

Departamento de Agropecuária, criada pela Lei nº 78, de 12/12/1950.

Secretaria de Agropecuária, criada pela Lei nº 1.254, de 13/02/1989, com as divisões de Agricultura e de Pecuária.

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, criada pela Portaria nº 10, de 29/01/1993.

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, alterada pela Lei nº 2.220, de 04/02/1997, passou a contar com as seguintes divisões:
Horto, Jardins, Agropecuária e Meio Ambiente.

Gerência de Meio Ambiente - GM, criada pela Lei nº  2.785, de 22/12/2000, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Municipal, com as seguintes unidades subordinadas: 
Divisão de Hortos, Jardins e Limpeza Pública - DHJ, com as unidades subordinadas:
Serviço de Hortos e Cemitérios - SVHC;
Serviços de Jardinagem e Praças - SVHJ;
Serviço de Limpeza Pública - SVLP
 
Divisão de Meio Ambiente - DMA, com as unidades subordinadas:Serviço de Educação Ambiental - SVEA;
Serviço de Análise e Fiscalização Ambiental - SVIS;
Serviço de Controle de Resíduos - SVTR.

Reformulou Gerência de Meio Ambiente - GM, pela Lei nº 3.169, de 13/08/2002, que passou a contar com as seguintes unidades subordinadas:
Divisão de Jardinagem, Cemitérios e Limpeza Pública e Divisão de Meio Ambiente 

Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente - Fujama, pela Lei Complementar nº 041, de 28/09/2005
 
Símbolo da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente
 

Logo que foi criada a Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente foi elaborada a sua logomarca. O seu símbolo deveria ser algo que traduzisse um momento de transformação.

Considerando que as Borboletas simbolizam a busca da verdade, esse símbolo vem significar a realização de um trabalho executado com ética e transparência.

A simbologia adotada nos remete ainda, a renovação, beleza, sensibilidade e leveza com agilidade e liberdade traduzidas em uma borboleta. Beleza e sensibilidade que nos remetem aos aspectos paisagísticos da nossa região. Liberdade que a Instituição necessita para transformar o meio ambiente jaraguaense como exemplo de trabalho em prol da sustentabilidade ambiental e qualidade de vida de seu povo, para todo o país.

Faz-nos buscar não apenas a aparência, mas a essência, senso de força, trabalho e retidão.

Sua fundamentação encontra-se na sua metamorfose: a crisálida indicando potencialidade e ao sair dela simboliza renovação. Suas cores branca e verde, representam a paz e a calma necessárias para um agir com qualidade, principalmente com visão a longo prazo.

As suas cores não afastam seus inimigos, mas sim os atraem para o trabalho cooperativo e participativo, com responsabilidade socioambiental, demonstrando a sua capacidade de unir, interagir e buscar soluções compatíveis com o momento vivido.

 



 

 
 

 
 

Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000