Categorias



Índices de reciclagem apresentam novos recordes

26/01/2016 - Publicado por: Pedro Bortoloti Jr - Categoria: Meio Ambiente - Tags: reciclagem natureza economia

Mesmo depois de um período com registro de aumentos constantes nos índices de reciclagem da cidade, o mês de dezembro apresentou estimativa recorde nos seguintes quesitos: peso estimado e comparação da coleta de resíduos domiciliares. Este último representa o percentual de lixo que pode ser reaproveitado, com um salto bastante positivo em relação a novembro de 2015. Dos 14% apontados em novembro, o crescimento foi de 9,7% em dezembro, chegando a 23,7%. As 317 cargas recolhidas no último mês de 2015 renderam quase 636 toneladas, contra 291 cargas e quase 491 toneladas em novembro.

Os dois apontamentos são históricos desde a implantação do Programa Recicla Jaraguá, que iniciou oficialmente em setembro de 2013. De acordo com o presidente da Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente (Fujama), órgão que coordena a iniciativa, Leocádio Neves e Silva, já em setembro Jaraguá do Sul conseguiu atingir a meta do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, sendo um dos poucos municípios do país a alcançar um índice de 30% de reciclagem. Dados do governo federal mostram que hoje, na maioria das cidades brasileiras, recicla-se apenas 3% do total de lixo recolhido.

Quando o programa foi implantado, a quantidade recuperada representava apenas 4% do volume total. O êxito da proposta faz com que todos ganhem. A redução do volume encaminhado ao aterro sanitário proporciona economia. Segundo Silva, o custo efetivo para a destinação dos resíduos urbanos até Mafra é de R$ 303,00 por tonelada, incluindo a coleta, transbordo, transporte rodoviário e a destinação final, o que representa um gasto anual de mais de R$ 10 milhões. Os municípios da microrregião têm um gasto superior a R$ 20 milhões anuais com resíduos sólidos. Há, também, ganhos sociais e ambientais, “com grande repercussão em um futuro próximo”, analisa Silva. Cada habitante produz cerca de 820 gramas de lixo todos os dias, com geração de mais de 120 toneladas/dia na região.

O programa tem apresentado êxito e transformou o hábito dos moradores da cidade com relação à reciclagem. Um dos motivos é o envolvimento dos estudantes na causa. “A separação do lixo também é incentivada nas escolas, o que favorece a propagação do programa”, analisa. A Fujama criou, no ano passado, o Sacolix, personagem principal desta história, e distribuiu cartilhas didáticas nas unidades educacionais, com envolvimento direto dos estudantes em um concurso. Para Silva, crianças e adolescentes são importantes multiplicadores das ações da Fundação e responsáveis pela mudança de hábitos em suas casas. 







 




Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000