Categorias



Jaraguá do Sul será sede do Global Legal Hackathon

23/01/2019 - Publicado por: Rogério Tallini - Categoria: Gabinete - Tags: gabinete global legal hackathon centro de inovacao

A Prefeitura de Jaraguá do Sul é parceira da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Santa Catarina (OAB/SC) e 23ª Subseção, na realização do Global Legal Hackathon (GLH), que acontecerá entre os dias 22 e 24 de fevereiro de 2019. A iniciativa foi anunciada na manhã desta quarta-feira (23), durante coletiva de imprensa no Centro de Inovação, com a presença do prefeito Antídio Aleixo Lunelli, do presidente da OAB de Santa Catarina, Rafael Horn, presidente da subseção local da OAB, Gustavo Pacher, o presidente da Novale Hub, Anselmo Ramos, entre outras autoridades e convidados.

O evento funcionará em três etapas, sendo uma delas local e duas globais. A maratona global de desenvolvimento de 54 horas será em mais de 60 cidades-sedes ao redor do mundo. No Brasil, a edição 2019 se realizará em Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Florianópolis, Balneário Camboriú e Jaraguá do Sul. Serão três etapas, sendo a primeira local e as outras duas globais. 

O Global Legal Hackathon (GLH) é uma iniciativa internacional que busca engajar operadores do direito de diversas carreiras, e também  faculdades, escritórios, empreendedores, empresas, governo, prestadores de serviços e outras instituições ligadas à Justiça no desenvolvimento rápido de soluções inovadoras, incrementais ou revolucionárias, que impactem positivamente o Ecossistema da Justiça. Em Jaraguá do Sul, a expectativa é reunir entre 100 e 120 participantes. O evento será no Centro de Inovação, ambiente que concentra e oferece um conjunto de mecanismos e serviços de suporte ao processo de inovação tecnológica, constituindo-se também o centro de interação empresarial-acadêmica para o desenvolvimento do segmento econômico. 

O GLH incentiva o empreendedorismo inovador resultando na introdução de novidades ou aperfeiçoamentos no ambiente produtivo ou social, na forma de novos processos, bens ou serviços diferenciados. Poderão participar designers, desenvolvedores, empreendedores e profissionais da área jurídica. Conforme a Chefe de Gabinete da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Emanuela Wolff, ao se colocar como parceiro deste evento, o Poder Público está contribuindo com o fomento de soluções tecnológicas pertinentes às práticas jurídicas brasileiras, decorrendo disso notável impacto social. 

O presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Jaraguá do Sul, Gustavo Pacher, explica que o processo de inovação tecnológica que o evento promoverá trata-se da busca de talentos para transformar uma ideia, invenção ou oportunidade em uma solução inovadora. “A iniciativa vislumbra o fomento da adoção de tecnologias inovadoras como ferramentas às práticas jurídicas (no Judiciário, Ministério Público, Advocacia e Administração Pública), pelo que se relaciona intimamente à simplificação e dinamização de processos e procedimentos capazes de facilitar o acesso à Justiça e à Administração Pública em geral pela sociedade usuária dos correlatos serviços”, diz ele. “O GLH é uma iniciativa reconhecida e admirada globalmente como exemplo de integração entre tecnologia e estudos jurídicos. Ele trará, inegavelmente, um grande benefício social a se experimentar com a ocorrência de eventos dessa natureza na região, confirmando a vocação local para o empreendedorismo e desenvolvimento tecnológico”. 

As inscrições serão feitas on-line, com percentual de vagas de acordo com o perfil profissional esperado para o evento, ou seja, 25% das vagas serão destinadas a profissionais de TI, 25% para profissionais de design e 50% para comunidade empreendedora e profissionais jurídicos. Durante todo o evento os participantes receberão alimentação, serão treinados (mentores), municiados com materiais e orientações  que se fizerem necessárias. 

O Global Legal Hackathon obedece a lei vigente no município, por intermédio do Sistema Municipal de Inovação. 

Global Legal Hackathon:
- Envolvimento de aproximadamente 120 participantes;
- Aproximadamente 40 pessoas na equipe organizadora;
- Incentivo à economia local, através de contratação de fornecedores próximos;
- Aquecimento da rede hoteleira e gastronômica local;
- Promoção do ecossistema de inovação, em franca expansão na cidade;
- Alcance de aproximadamente 10 soluções tecnológicas aplicáveis ao meio jurídico e à administração pública em geral, o que tende a refletir no acesso social à Justiça;
- Seleção de três soluções tecnológicas para a premiação, credenciando o primeiro colocado para etapas globais da competição. 

Programação:
22.02 - O evento inicia com recepção dos participantes; painel de boas-vindas, por palestrante atendendo aos critérios da coordenação internacional; apresentação das ideias trazidas pelos participantes e formação das equipes.
23.02 - O sábado será marcado por painéis conduzidos por profissionais e personalidades correlatas à inovação e empreendedorismo; intenso trabalho nas equipes; realização de mentoria por profissionais selecionados em consonância aos critérios internacionais; e validação das iniciativas tecnológicas, por profissionais jurídicos da região.
24.02 - O domingo destina-se aos ajustes finais nos projetos; avaliação preliminarnb pelos mentores; entrega definitiva das produções; apresentação aos jurados e comunidade local; e cerimônia de premiação, que será de R$ 4 mil para o primeiro colocado, R$ 3 mil para o segundo e R$ 2 mil para o terceiro lugar.

 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000