Arquivos


Cinturão Verde pretende incentivar agricultura familiar

13/07/2017 - Publicado por: Emerson Gonçalves - Categoria: Agricultura - Tags: cinturao verde

A iniciativa visa diversificar a produção de alimentos no município e contribuir para a sustentabilidade no meio rural, além da geração de emprego e renda

A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura de Jaraguá do Sul já trabalha na adoção de um programa que pretende instituir um cinturão verde na cidade. A iniciativa tem como objetivo principal produção de hortaliças no entorno da região central da cidade e na área rural jaraguaense.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Daniel Peach, e um dos técnicos da pasta, o engenheiro-agrônomo, Roberto Nagel, explicam como será a dinâmica da proposta. “O objetivo é incentivar os agricultores familiares para produzirem alimentos, buscando a diversificação da produção, contribuindo para a sustentabilidade no meio rural e a geração de emprego e renda”, destacou o secretário.

Uma prévia de como vai funcionar o Projeto Cinturão Verde ocorreu na última Festa do Colono no Salão Centenário, no Rio da Luz II, onde foi montado um estande para exibir um dos modelos de cultivo protegido que deverá ser adotado nesse trabalho.

A principio são dois tipos de conjuntos que contam com seguintes itens: cobertura plástica, armação em forma de arco para estrutura, mangueira para irrigação e uma motobomba. Uma vez montado, o túnel alto tem 3 metros de largura por 50 metros de comprimento. O conjunto completo custa R$ 3021,84.

Já o outro modelo tem a cobertura maior: 6,3 x 50 metros com custo de R$ 3912,00. Em comum é que os dois conjuntos podem ter o comprimento ajustado de acordo com o espaço de cada propriedade.

Peach acrescenta ainda que, uma vez efetivado, o programa trará benefícios para toda comunidade jaraguaense. “A produção local de alimentos também contribui para a segurança alimentar e nutricional do nosso município, pela oferta de alimentos frescos em quantidade e qualidade, gerando benefícios para toda a sociedade.”

Roberto Nagel, por sua vez, defende que para viabilização do projeto diversas ações são necessárias. “Primeiro saber quais, quantos e onde estão os produtores de hortaliças e frutas do município. Depois estabelecer parcerias com associações de produtores e cooperativas, incentivando a sua organização, formas de comercialização e buscando o seu fortalecimento” explicou.

Outra frente para agilizar o Cinturão Verde seria trabalhos com Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) envolvendo desde elaboração de diagnóstico até as capacitações dos produtores. “Além da busca de recursos junto ao Governo Estadual” completou o secretário. “Com outros órgãos e entidades, tais como Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Sindicato dos Trabalhadores Rurais, outras secretarias e conselhos municipais na busca de apoio e divulgação.

Capacitações – Neste contexto, também estão programadas para os agricultores capacitações nesse mês sobre produção orgânica de hortaliças e em agosto na Epagri em Itajaí sobre cultivo protegido e, em outubro sobre Agroecologia. Já para os técnicos da Prefeitura haverá outra, nos próximos dias 18 e 19, em Itajaí sobre plantio direto de hortaliças.

Para viabilizar o Cinturão Verde em Jaraguá do Sul, o secretário aponta que, inicialmente, recursos financeiros na ordem de R$ 100 mil serão alocados para aquisição de conjunto para cultivo protegido, envolvendo recursos do município e está em negociação a participação do governo do Estado. “Dependendo da demanda este valor poderá ser ampliado para atender a necessidade do projeto.”

O secretário afirma que todos os agricultores do município, independente do bairro poderão se inscrever no projeto. A princípio o número de produtores obtidos com o levantamento está em torno de 50, mas alguns já possuem estrutura. “As regras para enquadramento e seleção dos beneficiários estão sendo finalizadas e serão aprovadas pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural. Poderão ser cultivadas hortaliças em geral, tais como: alface, rúcula, brócolis, couve-flor, couve, repolho, tomate, pimentão, agrião, berinjela, chicória, almeirão, entre outras variedades”, explicou Daniel Peach.

A previsão para o lançamento do Cinturão Verde é para aproximadamente dois meses. Além das capacitações mencionadas, a iniciativa depende do processo licitatório para aquisição dos conjuntos necessários para o plantio protegido e da conclusão levantamento das propriedades que já está em andamento.

A Secretaria disponibilizará para este projeto dois engenheiros agrônomos e dois técnicos Agropecuários. Já a Epagri colocará dois profissionais na área de Extensão Rural.

 

 






Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000